. .

• • Merece um Click • •

Rock 'n' Roll All Night

ôô Trem Doido sô
. .
. .
Clique Nesse Ícone Para Obter Informações Sobre o CD
. .


Lista de Alguns álbuns disponíveis no blog Rock 'n' Roll All Night.

Para ver a lista clique no ícone de informações

10,000 Maniacs - MTV Unplugged
3 Doors Down - Away from the Sun (2002)
3 Doors Down [Seventeen Days]
AC/DC - 74 Jailbreak
AC/DC - Back in Black
AC/DC - Ballbreaker
AC/DC - Flick of the Switch
AC/DC - Fly on the Wall
AC/DC - For Those About to Rock (We Salute You)
AC/DC - Let There Be Rock
AC/DC - The Razors Edge
Aerosmith - Honkin' On Bobo - 2004
Aerosmith - MTV Unplugged
Alanis Morissette - Feast On Scraps [2002]
Alanis Morissette - MTV Unplugged
Alanis Morissette - The Collection
Alice Cooper - The Alice Cooper Show (Live1977)
Alice Cooper - Welcome to My Nightmare
Alter Bridge - Blackbird [2007]
Alter Bridge - One Day Remains [2004]
Asia - Asia
Audioslave - Out Of Exile (2005)
Avril Lavigne - The Best Damn Thing
Bachman Turner Overdrive - The Collection
Bad Company - Ready For Live
Bad Religion - All Ages
Bangles - Everything (1988)
Bauhaus - In the Flat Field (19800
Beach Boys - In Concert
Beach Boys - Smiley Smile
Billy Idol - Greatest Hits (2001)
Black Sabbath - Live Evil (1983)
Black Sabbath - Mob Rules
Black Sabbath - Paranoid (1970)
Black Sabbath - Reunion (1988)
Blondie - Parallel Lines (1978)
Bob Dylan - The Best Of
Bon Jovi - Crush
Bon Jovi - Destination Anywhere
Bon Jovi - New Jersey
Bon Jovi -MTV Unplugged 2007
Bread - The Very Best of
Bruce Dickson - Alive At The Marquee
Bruce Dickson - Tiranny of Souls
Bruce Springsteen - Born in the U.S.A
Bruce Springsteen - Devils & Dust - 2005
Bryan Adams - 18 Til I Die
Bryan Adams - Live!Live!Live!
Bryan Adams - So Far So Good
Bush - Razorblade Suitcase
Coldplay - A Rush of Blood to the Head
Coldplay - Castles
Coldplay - X & Y
Collective Soul - Afterwords (2007)
Concret Blonde - The Best Of (1996)
Cream - Fresh Cream
Creed - Greatest Hits
Creedence Clearwater Revival - The Concert al
Culture Club - At Worst...The Best of Boy George a...
Damien Rice - O (2003)
David Bowie - "Hours"
David Bowie - Diamond Dogs
David Bowie - Never Let Me Down (1987)
David Bowie - Ziggy Stardust
David Bowie & Stevie Ray Vaughan - Dallas Moonligh...
Deep Purple - Burn
Deep Purple - Come Taste the Band
Deep Purple - House of Blue Light (1987)
Deep Purple – In Concert (1970-1972)
Deep Purple - In Rock
Deep Purple - Made in Japan (1972)
Deep Purple - Stormbringer (1974)
Def Leppard - Hysteria (1987)
Def Leppard - Yeah ! [2006]
Dire Straits - Alchemy [1984]
Dire Straits - Brothers in arms 1985
Dire Straits - Love Over Gold [1982]
Dire Straits - Making Movies [1980]
Dire Straits - Sultains of Swing
Duran Duran - Red Carpet Massacre (2007)
Electric Light Orchestra - Discovery (1979)
Elvis Presley - 50 Greatest Love Songs
Elvis Presley - Blue Hawaii [1961]
Eric Clapton - The Cream of Clapton
Eric Clapton, Elton John & Mark Knopfler - Live In...
Eric Clapton, Jeff Beck & Jimmy Page - Guitar Boog...
Europe - Out Of This World
Europe - The Final Countdown
Eurythmics - The best of
Evanescence - Anywhere But Home [2004]
Evanescence - Fallen (2003)
Evanescence - The Open Door
Faith No More - King for a Day... Fool for a Lifet...
Faith No More - The Platinum Collection
Faith No More - The Real Thing
Faith No More - Who Cares A Lot? Greatest
Firehouse - The Very Best Of
Frank Zappa - Apostrophe (1974)
Frank Zappa - Hot Rats [1969]
Genesis - Dukes
Genesis - Genesis [1983]
Genesis - Invisible Touch
Genesis - Nursery Crime (1971)
Genesis - Selling England by the Pound [1973]
George Harrison - Cloud Nine
George Harrison - Somewhere In England
Guitar Battle with George Lynch, Steve Morse, Andy... V.A.(Coletâneas)
Guns N' Roses - Appetite for Destruction [1987]
Guns N' Roses - Greatest Hits
Guns N' Roses - The Ultimate Rarities (2006)
Hard Rock (Number Ones) V.A.(Coletâneas)
Hoobastank - The Reason
Iggy Pop & The Stooges - The Weirdness
Incubus - A Crow Left of the Murder
Introducing Joss Stone 2007 - Vol.1
Introducing Joss Stone 2007 - Vol.2
INXS - Kick [1987]
INXS - Live Baby Live
INXS - The Greatest Hits
Iron Maiden - A Real (live) Dead One - Duplo
Iron Maiden - Dance of Death
Iron Maiden - Fear of The Dark
Iron Maiden - No Prayer for the Dying
Iron Maiden - Somewhere in Time
Iron Maiden - The X Factor
Janis Joplin - Big Brother & The Holding Company
Janis Joplin - Greatest Hits
Jerry Lee Lewis - Last Man Standing (2006)
Jethro Tull - Bursting Out (Live 1978)
Jethro Tull - Flute Cake (Live)
Jethro Tull - Living with The Past (2002)
Jethro Tull - Minstrel In The Gallery - 1975
Jimi Hendrix - Are You Experienced
Jimi Hendrix & B.B.King - The Kings Jam
Jimmy Page & Robert Plant - No Quarter
Joan Jett - I Love Rock 'N' Roll (1981)
Joe Cocker - Hymn For My Soul (2007)
Joe Satriani - Crystal Planet (1998)
Joe Satriani - Engines Of Creation (2000)
Joe Satriani - Nascar'06 (Soundtrack)
John Lennon - Legend: The Very Best Of John Lennon...
John Lennon - The John Lennon Collection (1982)
Jon & Vangelis - Private Collection
Journey - Escape (1981)
Journey - Greatest Hits
Judas Priest - Living after midnight -The Best Of
Judas Priest - Never Satisfied (Live Bootleg)
Kansas - Audio Visions [1980]
Kansas - Leftoverture [1976]
King Crimson - In the Court of the Crimson
King Crimson - The Power to Believe (2003)
Kiss - Destroyer [1976]
Kiss - Psycho Circus [1998]
Kiss - The very best
Korn - See You On The Other Side
Led Zeppelin - Blues Anytime (1969)
Led Zeppelin - Coda
Led Zeppelin - Houses of the Holy
Led Zeppelin - In Through the Out Door
Led Zeppelin - Led Zeppelin
Led Zeppelin - Led Zeppelin II
Led Zeppelin - Led Zeppelin III
Led Zeppelin - Led Zeppelin IV
Led Zeppelin - Mothership 2007
Led Zeppelin - Physical Grafitti
Led Zeppelin - Presence
Led Zeppelin - Remasters - Vol.1
Led Zeppelin - Remasters - Vol.2
Led Zeppelin - The Songs Remain The Same
Led Zeppilin - BBC Séssions
Lenny Kravitz - Greatest Hits (2000)
Lenny Kravitz - It Is Time For A Love Revolution 2...
Linkin Park - Minutes to Midnight
Living Colour - Super Hits
Lynyrd Skynyrd - One More From The Road
Maná - Revolucion de Amor (2002)
Marillion - A Singles Collection
Marillion - Holidays In Eden
Mark Knopfler - Berlin 2007
Mark Knopfler - Kill to Get Crimson (2007)
Mark Knopfler - Princess Bride
Men at Work - The Best of Men at Work
Metallica - Garage Inc.
Metallica - Live From London
Metallica - Master of Puppets
Metallica - Ride The Lightning
Metallica - St Anger
Metallica - The Black Album (1991)
Metallica - The Golden Unplugged 1997
Mick Jagger - The Very Best Of Mick Jagger (2007)
Monsters Of Rock (2007) V.A.(Coletâneas)
Mr.Big - Best Of The Ballads
Nazareth - Greatest Hits
Nazareth - No Mean City [1978]
Neil Young - Live at The Massey Hall (1971)
Neil Young (Crazy Horse) - Zuma [1975]
Nightwish - Century Child (2002)
Nightwish - From Wishes To Eternity (2001)
Nightwish - Highest Hopes - Edição Limitada (2CDs)...
Nightwish - Wishmaster
Nirvana - Anthology
Nirvana - Nevermind (1991)
No doubt - The Singles (1992-2003)
Oasis - Familiar To Millions (2000)
Oasis - Maine Road 28/04/1996 (live)
Oasis - What's The Story Morning Glory? Oasis
Ozzy Osbourne - Black Rain
Ozzy Osbourne - The Ozzman Cometh
Pearl Jam - Lost Dogs: Rarities And B Sides
Pearl Jam - Ten (1991)
Pearl Jam - Vitalogy
Pearl Jam - Vs.
Pearl Jam - Yield (1998)
Peter Frampton - Frampton Comes Alive!
Peter Frampton - Shine On A Collection Cd 1
Peter Frampton - Shine On A Collection Cd 2
Pink Floyd - Alternate Masters [1966 - 1968]
Pink Floyd - Dark Side of the Moon
Pink Floyd - Delicate Sound of Thunder (Live)
Pink Floyd - Pulse [1995]
Pink Floyd - The Division Bell
Pink Floyd - The Final Cut (1983)
Pink Floyd - Ummagumma
Pink Floyd - Wish You Were Here
Pixies - Doolittle [1989]
Premiata Forneria Marconi - Stati di Immaginazione...
Queen - A Night at the Opera [1975]
Queen - Live Magic(1986)
Queen Collection (2007)
Queensrÿche - Take Cover (2007)
Quiet Riot - Metal Health (1983)
Radiohead - In Rainbows (2007)
Radiohead - Live at Glastonbury [1997]
Radiohead - OK Computer
Radiohead - Pablo Honey
Radiohead - The Bends
Rage Against The Machine - Evil Empire (1996)
Rage Against The Machine - Rage Against The Machine
Rainbow - Down to Earth
Rainbow - Long Live Rock 'n' Roll
Ramones - End Of The Century (1980)
Ramones - Greatest Hits Live
Ramones - Loco Live (1991)
Ramones - RamonesMania
Red Hot Chili Peppers - Bagrock to the Masses
Red Hot Chili Peppers - Out In L..A. [1994]
Rod Stewart - Greatest Hits
Rod Stewart - Unplugged MTV
Roxette - Don't Bore Us - Get to the Chorus!
Roxette - The Ballad Hits
Rush - Fly by Night
Santana - Ultimate Santana
Satriani, Johnson & Vai - G3 Live in Concert
Scorpions - Acoustica
Scorpions - Humanity - Hour I
Scorpions - Live Bites 1988-1995
Scorpions - Platinum Collection
Scorpions - World Wide Live (1985)
Sex Pistols - Never Mind The Bollocks
Simple Minds - New Gold Dream (81,82,83,84)
Simple Minds - Once Upon A Time
Simple Minds - Street Fighting Years
Simply Red - Greatest Hits
Simply Red - Stay (2007)
Soul Asylum - Black Gold: The Best Of (2000)
Soundgarden - Superunknown (1994)
Steppenwolf - The Second (1968)
Steve Vai - Real Illusions - Reflections (2005)
Steve Vai - The Ultra Zone (1999)
Stone Temple Pilots - Thank You (2003)
Supertramp - Breakfast In America
Supertramp - Breakfast In America
Supertramp - Paris (Recomendado)
Supertramp - The Very Best Of vol. 1
Supertramp - The Very Best Of vol. 2
Survivor - Eye Of The Tiger (1982)
System Of A Dawn - Mezmerize [2005]
Talking Heads - More Songs About Buildings and Foo...
Talking Heads - Talking Heads: '77
Tears for Fears - Greatest Hits 82-92
Temple Of The Dog - Temple Of The Dog (1990)
Ten Years After - Live at the Fillmore East - 1970...
The Alan Parsons Project - I Robot - 1977
The Alan Parsons Project - The Best of [1983]
The Animals - The Animals (1964)
The Beatles - A Hard Day's Night
The Beatles - Abbey Road
The Beatles - Hey Jude/The Beatles Again -US- (197...
The Beatles - Revolver (1966 )
The Beatles - Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Ban...
The Beatles - The Early Beatles (1965/2006)
The Beatles - White Album
The Beatles - Yellow Submarine
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 1 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 10 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 10 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 11 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 11 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 12 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 12 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 2 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 3 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 4 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 5 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 6 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 7 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 8 V.A.(Coletâneas)
The Best Classic Rock - Speed Session Vol. 9 V.A.(Coletâneas)
The Best of Keith Richards Sings
The Black Crowes - Live [2002]
The Black Crowes - Shake Your Money Maker (1990)
The Black Crowes - The Southern Harmony and musica...
The Cars - Greatest Hits The Cars
The Chemical Brothers - Surrender (1999)
The Cranberries - Everybody Else is Doing It, So W...
The Cranberries - MTV Unplugged (1995)
The Cranberries - Stars: The Best of 1992-2002
The Cult - Born Into This (2007)
The Cure - Disintegration (1989)
The Cure - Kiss Me, Kiss Me, Kiss Me
The Cure - Staring at the Sea - The Singles
The Doors - In Concert
The Doors - L.A. Woman
The Doors - Morrison Hotel
The Doors - Strange Days
The Doors - The Doors
The Doors - The Soft Parade
The Doors - Waiting For The Sun
The Eagles - Hells Freezes Over
The Eagles Live
The Greatest Driving Rock Colle... V.A.(Coletâneas)
The Guess Who - American Woman
The Kinks - Lola Versus Powerman & The Moneygoroun...
The Police - Ghost in the Machine
The Police - Reggatta De Blanc
The Police - Synchronicity (1983)
The Police - Zenyatta Mondatta
The Pretenders - Greatest Hits
The Rolling Stones - Black and Blue
The Rolling Stones - Flowers
The Rolling Stones - Singles Collection: The Londo...
The Rolling Stones - Stripped
The Rolling Stones - Tattoo You
The Rolling Stones - Unplugged
The Rolling Stones - Voodoo Lounge
The Smashing Pumpkins - Adore (1998)
The Smashing Pumpkins - Mellon Collie and the Infi...
The Smashing Pumpkins - Pisces Iscariot (1994)
The Smiths - Singles
The Smiths - The Best Of vol. 1
The Stone Roses - The Stone Roses (1989)
The Stray Cats - Alley Cat Rumble
The Strokes - First impressions on earth
The Strokes - Room on fire
The Velvet Underground - White Light/White Heat
The Wallflowers - Breach
The Who - Face Dances
The Who - Odds & Sods (1974)
The Who - The Who Sings My Generation
Thin Lizzy - Jailbreak
Tom Waits - The Heart of Saturday Night [1974]
Toto - Super Hits (2001)
U2 - All The Best
U2 - The Joshua Tree
U2 - Under a Blood Red Sky
U2 - War
Uriah Heep - Platinum Collection 2 CDs [2007]
Van Halen - 1984 (1984)
Van Halen - Van Halen (1978)
Whitesnake - Best Ballads
Whitesnake - Live In The Shadow Of The Blues
Yes - Big Generator [1987]

Informações desse Artista

Steve Vai

A Última Bolacha do Pacote

Steven Siro Vai nascido em 6 de junho de 1960 em Carle Place, Estados Unidos, é um guitarrista, compositor e produtor musical, conhecido por ter recebido um prêmio Grammy (entre nove indicações), e citado como influência por inúmeros guitarristas desde a década de 1980 em diante.



Enquanto crescia, o jovem Steve começou a se interessar pelos guitarristas famosos da época, como Jimi Hendrix, o que o levou a aprender a tocar guitarra em 1974, com seu primeiro professor e atualmente grande amigo, Joe Satriani. Em uma entrevista ao programa do Jô em sua turnê pelo Brasil, Satriani disse que conheceu Steve quando o mesmo possuia apenas 12 anos de idade, com um jogo de encordoamento nas mãos pedindo para ensiná-lo a tocar guitarra, porém, Satriani afirmou que Steve já era um bom instrumentista, que na época tocava acordeon. Depois disso Steve entrou para a Berklee College of Music. Ele absorveu influências de muitos guitarristas, como Jeff Beck e o guitarrista de fusion Allan Holdsworth.

Com Frank Zappa
Steve ficou fascinado com a música de Frank Zappa. Em uma entrevista a revista Guitar Player Norte Americana, Steve disse que inúmeras vezes, telefonou para Zappa tentando contato (sem muito sucesso), contudo, com muita insistência, Frank atendeu o telefone e perguntou o que Steve desejava. Steve disse que não existia ninguém capaz de transcrever em partituras, com tanta perfeição quanto ele, as músicas de Zappa. Então Zappa, curioso, o autorizou e tão logo Steve enviou pelo correio transcrições dos solos de guitarra de Zappa para o próprio, e após encontrar Steve pela primeira vez, Zappa ficou tão impressionado com as habilidades do jovem que o convocou para trabalhar transcrevendo suas intermináveis seqüências de rock sinfônico experimental. Nesse estágio de formação de sua carreira, Steve registrou seu talento em faixas como Moggio e Stevie's Spanking.

Enquanto trabalhava para Zappa, Steve viajava com a banda em turnê e tomava parte numa espécie de competição com o público, onde pessoas traziam partituras e Steve tentava lê-las à primeira vista.

O sucesso
Após deixar Zappa em 1982, Steve mudou-se para a Califórnia, onde gravou seu primeiro álbum, Flex-Able, e tocou em várias bandas. Em 1985, ele substituiu Yngwie Malmsteen como guitarrista-solo na banda Alcatrazz, liderada por Graham Bonnet, onde participou da gravação do álbum Disturbing the Peace.

No final de 1985, Steve juntou-se à banda do ex-vocalista do Van Halen, David Lee Roth, e participou de dois álbuns: Eat 'Em and Smile e Skyscrapper. Essa passagem pela banda de David o proporcionou grande fama entre o público de rock, uma vez que David estava em uma guerra declarada contra os membros do Van Halen e Steve era inevitavelmente comparado a Eddie Van Halen.

Em 1986, Steve surpreendeu a todos ao tocar com o ex-membro dos Sex Pistols, John Lydon, em seu grupo Public Image Ltd, em seu álbum Album. Em 1989, Steve seguiu os passos do guitarrista Adrian Vandenberg e gravou com a banda britânica Whitesnake, após Adrian ter machucado seu pulso pouco tempo antes do início da gravação do álbum Slip of the Tongue.

Anos 90 e 2000
Em 1990, Steve lançou seu álbum solo Passion and Warfare, largamente aclamado pela crítica. Isto sedimentou sua posição no topo dos guitarristas "virtuosos". Steve recebeu um Grammy em 1991.

Após o sucesso de Passion And Warfare, Steve resolveu inovar e em 1993 gravou Sex & Religion com o vocalista Devin Townsend.

Com o fim da turnê do Sex & Religion, Steve passou a se dedicar integralmente a outro projeto, que se chamava Fire Coma. Esse projeto era algo realmente grandioso, e tomou quase todo o tempo de Vai em 94 e 96.

Em 1994, Steve foi chamado para compor e tocar no futuro álbum de Ozzy Osbourne, Ozzmosis. O plano era que Steve aparecesse em metade do álbum, e o guitarrista Zakk Wylde na outra metade. Entretanto, Steve pode ser ouvido apenas na faixa My Little Man e na faixa bônus Back On Earth, que apareceu na coletânea The Ozzman Cometh.

Em 1995, Steve lançou o álbum Alien Love Secrets. Com o sucesso inesperado do álbum, Vai foi convidado por Bon Jovi para abrir a turnê dele. Ainda colhendo os frutos do sucesso de Alien Love Secrets, Steve continuou o processo de criação e gravação de Fire Coma. Com o fim da Relativity Records, Vai se mudou para a Epic/Sony, onde lançou o projeto, que acabou sendo chamado de Fire Garden, em 1996.

Em 96, Steve se juntou ao G3 com Joe Satriani e Eric Johnson. Os shows consistiam em uma apresentação individual de cada um dos músicos e uma jam session entre os três. A turnê foi registrada em 1997, com o lançamento do CD e VHS G3: Live in Concert.

Steve Vai lançou um DVD com sua performance no teatro Astoria, em Londres, em dezembro de 2001, onde participaram Billy Sheehan, Tony MacAlpine, Dave Weiner e Virgil Donati.

Em julho de 2002, Steve Vai tocou com a Orquestra Sinfônica Metropolitana de Tóquio no Suntory Hall, na cidade de Tóquio, na estréia mundial da peça Fire Strings, escrita por Ichiro Nodaira, um concerto para guitarra e orquestra de 100 integrantes.

Em 2003, Virgil Donati foi substituído pelo baterista Jeremy Colson. Em 2004, Steve Vai estreou a trilha sonora do Halo 2, um jogo para o videogame Xbox. Entre as músicas, destacam-se uma versão pesada de guitarra de Halo 2 Theme, chamada Halo 2 Theme (Mjolnir Mix), e Never Surrender.

Em fevereiro de 2005, Steve estreou uma peça de guitarra e violão que ele escreveu chamada The Blossom Suite com a amiga Sharon Isbin, violonista erudita, no teatro Chatelet em Paris.

Ainda em 2005, foi lançado o álbum Real Illusions: Reflections, e Steve Vai e The Breed (nome pelo qual sua banda é agora chamada) embarcaram numa turnê mundial para divulgação do álbum.

Steve Vai continua saindo em turnês regularmente, tanto com sua banda como com seu antigo professor e amigo Joe Satriani nas turnês do G3.

A música de Steve Vai apareceu em vários filmes, como Dudes, Bill & Ted's Bogus Journey e Ghosts of Mars. Ele apareceu na tela em 1986 com Ralph Macchio no filme Crossroads, interpretando Jack Butler, um guitarrista demoníaco. No clímax do filme, Steve encara um duelo com Ralph Macchio, este com a guitarra dublada por Ry Cooder.

A música neo-clássica intitulada Eugene's Trick Bag, com a qual Macchio derrota Steve e vence o duelo, também foi composta por Steve. A peça é bastante inspirada no Capricho N.º 5 de Paganini, e tornou-se uma das favoritas entre os estudantes de guitarra.

Steve também compôs e executou a trilha sonora de PCU, em 1994. Ele também contribuiu na partitura de Ghosts of Mars, de John Carpenter, e tocou nas faixas Ghosts of Mars e Ghost Poppin'.

Estilo Musical
Enquanto as contribuições de Steve a outros artistas tem sido restrita ao estilo rock ou hard rock, suas composições próprias são consideravelmente mais esotéricas.

O estilo de tocar de Steve Vai é bastante peculiar e teatral, carregado de gestos, e caracterizado por sua facilidade técnica com a guitarra e seu conhecimento de teoria musical.

Steve também tem sido creditado como o responsável pelo ressurgimento da guitarra com 7 cordas. As primeiras antigas foram tocadas pelo guitarrista de jazz George Van Epps, nas décadas de 1930 e 1940, mas o conceito foi reintroduzido no rock por Steve.

Um ponto interessante a ser notado é o compromisso de Steve com o ato de estudar e praticar. Ele declarou em vários textos e a várias revistas especializadas de guitarra que pratica cerca de oito horas por dia ou mais – hábito adquirido nos seus primeiros anos de faculdade.

Ele geralmente usa o lídio, que é seu modo favorito, mas também é conhecido por usar o modo "Bartok" da escala menor melódica.

Steve Vai é reconhecido também como um grande produtor musical de estúdio. Ele tem dois estúdios, The Mothership (A Nave Mãe) e The Harmony Hut (A Cabana da Harmonia), e suas gravações combinam sua proeza característica na guitarra com composições temáticas e um uso considerável de efeitos de estúdio e gravação, como o Eventide H3000, o programa Pro Tools e sua cadeia de efeitos.

Steve também ajudou a desenvolver sua série de guitarras, conhecida como JEM, com a fábrica japonesa Ibanez. Essas guitarras possuem uma alça de mão (geralmente chamada de monkey grip, ou "pegada do macaco") talhada no corpo da guitarra, fazendo um buraco no mesmo. A guitarra possui uma configuração H-S-H (humbucker-single-humbucker), um sistema de trêmolo de travamento duplo licenciado da Floyd Rose e um extenso e elaborado desenho na escala chamado Vine of Life (Videira da Vida).

Steve também está por trás da versão de 7 cordas da JEM, chamada Universe. Esta guitarra influenciou os guitarristas da banda Korn e os demais do estilo conhecido como new metal, surgido no final da década de 1990. Steve também tem um modelo de violão, o Euphoria.

Steve também trabalhou com a Carvin para desenvolver a linha de amplificadores de guitarra Legacy. Steve queria criar um amplificador superior a todos os que ele já tinha usado, em termos de som e versatilidade.

Ao longo de sua carreira musical, Steve Vai usou e desenvolveu muitas guitarras. Ele já teve seu próprio sangue colocado na pintura psicodélica de uma de suas guitarras JEM, chamada JEM2KDNA (ou simplesmente DNA, em alusão ao DNA presente no sangue) – apenas 300 guitarras foram feitas utilizando esta pintura.

Atualmente, Steve prefere usar sua guitarra JEM7V branca, marcada com a inscrição rabiscada EVO (feita por ele mesmo), usada para distinção entre suas guitarras praticamente idênticas no palco, e sua guitarra FLO (uma JEM floral pintada de branco e equipada com um sustainer Fernandes).

Os pedais de efeito de Steve incluem um Boss DS-1 Distortion modificado, um Ibanez TubeScreamer TS-9 DX, um Morley Bad Horsie, um Morley Little Alligator Volume, um Digitech Whammy WH-1 e um MXR Phase 90 Eddie Van Halen.

Steve Vai é o dono da Favored Nations, uma gravadora especializada na gravação e divulgação internacional de artistas.
Steve é casado com Pia Maiocco, ex-baixista da banda feminina Vixen. Steve e Pia têm dois filhos, Julian Angel e Fire.
Ele gravou os som que seu filho Julian (então com 2 anos de idade)fazia e os imitou com a guitarra na música Ya-Yo Gakk, do álbum Alien Love Secrets.
Em seu tempo livre, Steve gosta de apicultura, e regularmente produz um pote de mel a ser vendido na sua Make a Noise Foundation.
Steve Vai é conhecido por ser bastante atencioso com os fãs; não raro, ele passa do horário em sessões de autógrafos, sempre com um sorriso no rosto junto aos que tiram fotografias ao lado dele. Ele também costuma ir cumprimentar os fãs que esperam do lado de fora antes de suas apresentações.
A partir de sua turnê pela Europa em 2006, Steve iniciou o que chamou de "EVO Experience": poucos fãs visitam os bastidores com o próprio Steve, que deixa que eles peguem e toquem em sua famosa guitarra "EVO".
Steve Vai retirou parte do tecido da pele entre todos os dedos das suas duas mãos, para poder ter uma abertura melhor dos seus dedos.


Álbuns solo

Flex-Able 1984
Flex-Able Leftovers 1984
Passion & Warfare 1990
Sex & Religion 1993
Alien Love Secrets 1995
Fire Garden 1996
Bad Squad (um CD promocional da Morley para aumentar as vendas do pedal Bad Horsie wah) 1998
Flex-Able Leftovers (relançamento com músicas bônus) 1998
The Ultra Zone 1999
The Seventh Song - Enchanting Guitar Melodies - Archives Vol. 1 2000
Alive in an Ultra World 2001
The Secret Jewel Box (caixa com 10 CDs) 2001
The Elusive Light and Sound, Vol. 1 2002
Mystery Tracks - Archives Vol. 3 2003
The Infinite Steve Vai: An Anthology 2003
Live in London (disponível apenas pelo site http://www.vai.com/, é o áudio do show em Astoria de 2001, com 12 músicas escolhidas por Vai) 2004
Real Illusions: Reflections 2005
Sound Theories 2007

Com Frank Zappa
Tinsel Town Rebellion 1981
Shut Up 'n Play Yer Guitar 1981
You Are What You Is 1981
Ship Arriving Too Late to Save a Drowning Witch 1982
The Man from Utopia 1983
Them or Us 1984
Thing-Fish 1984
Frank Zappa Meets the Mothers of Prevention 1985
Jazz from Hell 1986
Guitar 1988
You Can't Do That on Stage Anymore, Vol. 1 1988
You Can't Do That on Stage Anymore, Vol. 3 1989
You Can't Do That on Stage Anymore, Vol. 4 1991
As An Am 1991
You Can't Do That on Stage Anymore, Vol. 5 1992
You Can't Do That on Stage Anymore, Vol. 6 1992
Strictly Commercial 1995
Have I Offended Someone? 1997
Cheap Thrills 1998
Son of Cheep Thrills 1999
FZ Original Recordings; Steve Vai Archives, Vol. 2 (disponível apenas pela Secret Jewel Box) 2001

Com outros artistas

Lisa Popeil
Lisa Popeil 1983
Heresy At The Door 1985
Alcatrazz Disturbing the Peace 1985
Public Image Limited Compact Disc 1985
Bob Harris The Great Nostalgia 1986
Shankar & Caroline The Epidemics 1986
David Lee Roth Eat 'Em and Smile 1986
David Lee Roth Sonrisa Salvaje 1986
Randy Coven Funk Me Tender 1986
Western Vacation Western Vacation 1986
Original Motion Picture Soundtrack Dudes 1987
David Lee Roth Skyscraper 1988
Vários Artistas Guitar's Practicing Musicians 1989
Whitesnake Slip of the Tongue 1989
Rebecca The Best of Dreams 1990
Alice Cooper Hey Stoopid 1991
Original Motion Picture Soundtrack Bill & Ted's Bogus Journey 1991
Original Motion Picture Soundtrack Wayne's World 1992
Original Motion Picture Soundtrack Encino Man 1992
Vários Artistas Zappa's Universe 1993
Original Motion Picture Soundtrack PCU 1994
Whitesnake Greatest Hits 1994
Ozzy Osbourne Ozzmosis 1995
Vários Artistas In From The Storm (tributo a Hendrix) 1995
Vários Artistas Songs of West Side Story 1996
Wild Style Cryin' 1996
Munetaka Higuchi with Dream Castle Free World 1997
Joe Satriani, Eric Johnson, Steve Vai G3: Live in Concert 1997
Vários Artistas Merry Axemas - A Guitar Christmas 1997
Vários Artistas Angelica 1997
David Lee Roth The Best of David Lee Roth 1997
Gregg Bissonette Gregg Bissonette 1998
Al Di Meola The Infinite Desire 1998
Vários Artistas Radio Disney Kid Jams 1999
Joe Jackson Symphony No. 1 1999
Whitesnake The Back to Black Collection 2000
Gregg Bissonette Submarine 2000
Thana Harris Thanatopsis 2000
Robin DiMaggio Blue Planet 2001
Billy Sheehan Compression 2001
Original Motion Picture Soundtrack Ghosts of Mars 2001
Vários Artistas Roland Guitar Masters (um CD promocional com grandes guitarristas tocando num Roland VG-88 V-Guitar System e num GR-33 Guitar Synthesizer) 2001
Vários Artistas Guitars For Freedom 2002
Vários Artistas Warmth In The Wilderness Vol. II - A Tribute to Jason Becker 2002
Surinder Sandhu Saurang Orchestra 2003
The Yardbirds Birdland 2003
Vários Artistas Various Artists - Archives Vol. 4 2003
Eric Sardinas Black Pearls 2003
Steve Lukather & Friends SantaMental 2003
Glenn Hughes and Joe Lynn Turner HTP2 2003
Shankar & Gingger One In A Million 2003
Joe Satriani, Steve Vai, Yngwie Malmsteen G3 Live - Rockin' In The Free World 2004
Motörhead Inferno 2004
Bob Carpenter The Sun, The Moon, The Stars 2004
Vários Artistas Halo 2 Original Soundtrack Vol. 1 2004
Mike Keneally VAI Piano Reductions Vol. 1 [[2004
Vários Artistas The Sounds of NASCAR (álbum exclusivo da iTunes Music Store) 2005
John 5 Songs For Sanity 2005
Joe Satriani, Steve Vai, John Petrucci G3 Live in Tokyo 2005
The Devin Townsend Band Synchestra 2005
Marty Friedman Loudspeaker 2006
Meat Loaf Bat Out of Hell III: The Monster is Loose 2006
Aki Rahimovski U Vremenu Izgubljenih 2007
Dream Theater Systematic Chaos 2007
Eros Ramazotti e² 2007

Veja Também:
Van Halen
ou Frank Zappa

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista

Judas Priest

A Última Bolacha do Pacote

Judas Priest é uma banda inglesa de Heavy metal que foi criada em meados de 1969, em Birmingham. O primeiro disco da banda ("Rocka-Rolla") foi lançado em 1974 pela Gull Records. A partir do disco Sin After Sin, o terceiro da banda, todos os seus trabalhos foram lançados pela Columbia/Sony até 1990. A banda vendeu cerca de 40 milhões de discos em mais de 30 anos de existência, influenciando um número significativo de bandas de heavy metal e hard rock durante o processo. Podemos citar dentro dessas os mais diversos e diferentes grupos como Guns N' Roses, Slayer, Pantera, Skid Row, The Donnas, Rollins Band, Angra, Iron Maiden, Metallica, entre outros.

Adotando peso, velocidade, temática violenta e roupas de cabedal com detalhes em metal, os Judas Priest fizeram história. Para a sua época, a banda tinha uma sonoridade nova, o que dificultou um pouco o crescimento da banda. Durante anos a banda não conseguiu sair do underground.

A banda Judas Priest pode ser considerada uma das precursoras do heavy metal moderno. Tratou-se da primeira banda a unir o peso e temática violenta criados pelo Black Sabbath à velocidade de grupo como o Led Zeppelin. Foram também responsáveis pela adoção das roupas de cabedal com adereços de metal cromados entre os apreciadores de rock.

Formada por Al Atkins (vocalista), K.K. Downing (guitarrista), Ian Hill (baixista) e John Ellis (baterista). O nome Judas Priest (baseado no nome de uma música de Bob Dylan, The Ballad Of Frankie Lee And Judas Priest) já havia sido usado por uma banda anterior de Atkins e Ellis, que logo sairiam da nova formação, dando lugar a Rob Halford (vocalista) e John Hinch (baterista) que tinham tocado na banda Hiroshima. Mais tarde se juntou à banda mais um guitarrista, Glenn Tipton (as guitarras dobradas seriam mais uma marca a ser imitada entre as bandas de heavy metal inglesas que se seguiram).

Durante anos, lançando discos por selos locais, a banda não conseguiu sair do underground (a sonoridade era realmente nova à época) mas conseguiu juntar uma legião de seguidores e outras bandas que copiavam seu estilo.

Após o primeiro álbum, Rocka Rolla, de 1974, o baterista John Hinch abandonou a banda e foi substituído por Alan Moore (que havia tocado algumas vezes com o Priest logo após a saída de Ellis). Em 1976 gravaram Sad Wings Of Destiny, cuja repercusão valeu à banda pela primeira vez um bom contrato com a gravadora CBS.

Com o álbum Sin After Sin de 1977 a banda apareceu pela primeira vez nas paradas inglesas. Com Stained Class de 1978 já eram considerados uma banda bastante influente e com o álbum Killing Machine de 1978 (lançado nos Estados Unidos com o nome Hell Bent For Leather) se tornaram capitães da grande New Wave Of British Heavy Metal (Junto ao Iron Maiden), movimento que revelou praticamente todas as grandes bandas de metal clássico da Inglaterra, como Saxon, Venom, etc.

Dave Holland assumiu a bateria para o disco British Steel, que teve pela primeira vez grande repercussão mundial. O auge da carreira internacional da banda ocorreria com Screaming For Vengeance de 1982 e Defenders Of The Faith de 1984.

Ocorreu então o fato que iria marcar a carreira da banda desde então. A imprensa noticiou fartamente o suicídio de dois garotos fãs da banda. O caso foi explorado ao máximo e a banda apontada na medida do possível como bode expiatório e responsável pela morte dos garotos. Após anos de julgamentos e apelações felizmente ficou provado que o suicídio dos garotos teria sido resultado de problemas e violência domésticos. O fato porém marcou a imagem da banda definitivamente.

O álbum Turbo, lançado em 1986 tratou-se do mais polêmico da banda, que em busca de sonoridades mais atuais havia incorporado instrumentos eletrônicos. Apesar da imensa vendagem (movida pelos excelentes álbuns anteriores) o disco não foi bem aceito por crítica nem público. Turbo incorporava avanços técnico-instrumentais oitentistas à sonoridade do Priest (o mais marcante seria o uso de guitarras sintetizadas), mas soava prejudicado pela temática das letras e pela sonoridade muito comercial, incompatível com a história da banda. O próprio visual da banda durante o período, com roupas, cortes de cabelo, postura e a produção de palco da turnê se assemelhava-se aos de outras bandas da época.

O álbum posterior, Ram It Down, foi um retorno à sonoridade e ao visual característico da banda, porém é acusado por muitos de ser um ponto ainda mais baixo na carreira do Judas, aprofundando radicalmente todos os aspectos negativos de seu antecessor, sem contar, entretanto, com as virtudes deste (como performances menos inspiradas, segundo os críticos). Até hoje, apesar das veementes negativas da banda, cogita-se que parte das baterias usadas na mixagem final seja eletrônica.

A volta por cima seria dada em 1990 com o excepcional Painkiller, um disco moderno, rápido e violento. Alguns fans mais ortodoxos, nao consideram "Painkiller" um album tão bom quanto os lendários Screaming For Vengeance e Defenders Of The Faith".Em algumas músicas, podemos perceber claramentea sonoridade típica do Judas Priest, como em "Night Crawler", "Leather Rebel","Battle Hymn"(esta última, instrumental).Mas em outros como a faixa título e "Metal Meltdown, vemos uma violência excessiva, muito pesado. Com o novo baterista Scott Travis, a banda se apresentou no Brasil no Rock In Rio II.

Em 1992 porém Rob Halford abandonou a banda para montar o Fight (que a princípio deveria ser apenas um projeto paralelo). Após um longo período de indecisão em 1996 o Judas Priest anunciou que iria voltar com um novo vocalista e para o lugar de Halford foi escolhido Ripper Owens que havia tocado durante anos em uma banda cover do Judas Priest.

Desta tentaviva coberta de sucesso, sai o álbum Jugulator, que trazia uma banda totalmente diferente de tudo que já havia feito. Um álbum muito mais pesado mesclando heavy com thrash e diferente do speed metal de Painkiller. Os cultuados solos da banda, por exemplo, deixam de ser tão elaborados como em seu antecessor. O vocal de Ripper Owens nas partes agudas pode ser facilmente comparado com Rob Halford. De uma capacidade incrível, o novo vocalista mostrava seu poderio vocal em faixas como "Jugulator", "Cathedrall Spires", "Death Row" e "Burn in Hell". Seus detratores o consideram apenas um clone de Rob Halford (crítica impulsionada pelo fato de Ripper ter sido recrutado por causa de seu trabalho em uma banda cover de Judas Priest). Vale destacar também o conteúdo mais forte das letras. Muitas críticas positivas e outras nem tanto. Alguns setores da imprensa acusaram a banda de ter "fugido completamente" de seu estilo clássico de fazer hard rock, e outros consideravam um excelente disco.

Em 1998 sai 98’Live Meltdown. Um cd duplo ao vivo com músicas antigas e canções recentes, todas adotando a nova sonoridade da banda, com forte influência do thrash. Ripper Owens se mostra versátil na interpretação das canções da era de Rob Halford, além de suas próprias músicas - uma de suas contribuições para o Judas Priest mais lembradas é a sua versão para "Diamonds & Rust" (originalmente de Joan Baez) do disco Sin After Sin.

Em 2001 sai Demolition. Seguindo as mudanças iniciadas em Jugulator, o Judas tende ao metal moderno (até por vezes alternative / new metal), sem olhar para trás. Demolition marca a consolidação de Ripper Owens como vocalista, e um estilo musical diferente. Novamente, gerou discórdias, com muitos fãs radicais não aprovando o resultado final.

Em 2003 começam boatos sobre a saída de Ripper e a volta de Halford ao Judas Priest. Os boatos se revelam verdadeiros meses depois. A banda faz uma turnê comemorativa e se apresenta em 2004, pela primeira vez, no Ozzfest. Em 2005, sob ótima recepção e para concretizar a reunião da formação clássica, sai o aguardado novo álbum da banda com Halford nos vocais - Angel of Retribution é uma volta ao metal mais tradicional e característico da banda. Fora do Judas, Ripper assumiu o posto de vocalista na banda Iced Earth.

Em 1990 a banda se encontrou envolvida em uma ação judicial movida pela familia de dois jovens de 20 anos no ano de 1985.James Vance e Ray Belknap cometeram o suicídio após se drogarem.Os pais dos garotos alegaram que a música Better by You,Better than Me continha mensagens subliminares que induziram os jovens a se matarem.Rob Halford alegou que se fosse para eles colocarem mensagens subliminares em suas músicas eles não colocariam para os jovens se matarem,e sim para comprarem mais albúns da banda.Jay Leno,apresentador estado-unidense disse que as musicas da banda já falavam sobre canibalismo, morte, ira e sobre o próprio hard rock, então o que eles colocariam oculto?Vá para a igreja com sua família?


Formação inicial

Vocal: Al Atkins
Guitarra: K.K. Downing
Baixo: Ian Hill
Bateria: John Ellis

Formação atual
Vocal: Rob Halford
Guitarras: Glenn Tipton e K.K. Downing
Baixo: Ian Hill
Bateria: Scott Travis

Outros componentes
John Hinch (Bateria)
Alan Moore (Bateria)
Dave Holland (Bateria)
Tim "Ripper" Owens (Vocal)

1974 Rocka Rolla
1976 Sad Wings of Destiny
1977 Sin After Sin
1978 Stained Class
1978 Killing Machine (título na Inglaterra)
1979 Hell Bent for Leather (título do Killing Machine em outros países)
1979 Unleashed in the East (Live in Japan)
1980 British Steel
1981 Point of Entry
1982 Screaming for Vengeance
1984 Defenders of the Faith
1986 Turbo
1987 Priest... Live!
1988 Ram It Down
1990 Painkiller
1997 Jugulator
1998 '98 Live Meltdown
2001 Demolition
2003 Live in London
2005 Angel of Retribution
2006 The Essential Judas Priest
2007 Nostradamos

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista


A Última Bolacha do Pacote

Journey é uma banda estado-unidense de rock formada em 1973 em San Francisco, Califórnia.
A banda passou por diversas fases, sendo mais conhecida pelos sucessos na rádio no início da década de 1980, com uma série de baladas como "Faithfully", "Lights", "Open Arms", além das mais pesadas "Don't Stop Believin'", "Any Way You Want It", "Separate Ways (Worlds Apart)" e "Wheel in the Sky".


Formação atual

Arnel Pineda - vocal (2007 - atualmente)
Neal Schon - guitarra base (1973 - 1987, 1996 - atualmente)
Jonathan Cain - teclado (1980 - 1987, 1996 - atualmente)
Ross Valory - baixo (1973 - 1985, 1996 - atualmente)
Deen Castronovo - bateria (1998 - atualmente)

Jeff Scott Soto - vocal (2006 - 2007)
Steve Augeri - vocal (1998 - 2006)
Steve Perry - vocal (1977 - 1987, 1996 - 1998)
Steve Smith - bateria (1979 - 1985, 1996 - 1998)
Gregg Rolie - teclado e vocal (1973 - 1977), teclado (1977 - 1980)
Aynsley Dunbar - bateria (1974 - 1979)
George Tickner - guitarra rítmica (1973 - 1976)
Robert Fleischman - vocal (1977)
Prairie Prince - bateria (1973 - 1974)
Randy Jackson - baixo (1985 - 1987)
Larrie Londin - bateria (1985 - 1986)
Bob Glaub - baixo (1985)
Mike Baird - bateria (1986-1987, somente turnês)

Este artigo é um esboço sobre uma banda ou grupo musical. Você pode ajudar o RockGrafia expandindo-o.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista

Jimmy Page

A Última Bolacha do Pacote

James Patrick Page, conhecido como Jimmy Page, (nascido em 9 de janeiro de 1944) é um famoso guitarrista inglês. Page é famoso por ser um dos guitarristas que mais influenciaram o rock 'n' roll. Foi membro fundador do Led Zeppelin e, antes disso, pertenceu aos Yardbirds desde 1966 até 1968. Jimmy Page é considerado por muitos um dos maiores guitarristas de todos os tempos, estando no mesmo patamar de talento que Eric Clapton, e Jimi Hendrix, estando classificado em nono lugar na Lista dos 100 maiores guitarristas de sempre pela Revista Rolling Stone [1]. Page e Jeff Beck, que nasceram vizinhos em Inglaterra, tocaram ambos nos Yardbirds e foram dos primeiros guitarristas a popularizar o uso da distorção e 'feedback' eletrônicos com a fuzzbox de Roger Mayer.

Page nasceu num subúrbio do norte de Londres, Heston em Middlesex. Seu pai era um gerente industrial e sua mãe, secretária pessoal de um médico.

Jimmy Page começou a aprender a tocar guitarra quando tinha 12 anos. As suas primeiras influências foram os guitarristas de rockabilly, Scotty Moore e James Burton, que tinham tocado ambos em gravações de Elvis Presley, e Johnny Day que tocou guitarra com os Everly Brothers. A canção de Presley “Baby Let´s Play House" era uma das suas favoritas. Influenciou diversos guitarristas como Slash, do Guns N' Roses. As preferências musicais de Jimmy, abrangiam também o folk acústico de Bert Jansch e John Renbourn, e os sons do blues de Elmore James e B.B. King. No final de 2006 foi condecorado pela rainha Elizabeth II com o título de Sir.

Início da carreira
Aos 14 anos, Page entrou no concurso para descoberta de talentos da ITV, “Search for Stars”. Após deixar a escola, tinha o objetivo de trabalhar como assistente de laboratório, mas o seu amor pela guitarra e pela música obrigou-o a mudar de caminho. Neil Christian do The Crusaders, convidou-o para se juntar à banda, o que lhe trouxe a sua primeira experiência de digressões, e onde entrou pela primeira vez em um estúdio para a gravação de um single, “The Road to Love”.

Enquanto estudante, Page tocaria muitas vezes no Marquee com bandas como: Cyril Davis All Stars, Alexis Korner’s Blues Incorporated e com os guitarristas Jeff Beck e Eric Clapton. Uma noite foi visto por John Gibb dos Silhouettes, que lhe pediu para ajudar gravar uns singles para a EMI, "The Worrying Kid" e "Bald Headed Woman", mas só após ter recebido um convite de Mike Leander da Decca Records, é que Page começou a ter trabalho certo como músico de estúdio. A sua primeira gravação para esta editora, o single de “Jet Harris & Tony Meehan”, “Diamonds", chegou a Nº 1 de vendas nas tabelas de 1963.

Como músico de estúdio
Depois de fazer alguns trabalhos com Micky Finn, e Carter Lewis and The Southerners Page dedicou-se por completo ao trabalho de estúdio, incluindo “Twist and shout” de “Brian Poole and The Tremeloes”, “Just like Eddie” dos “Heinz" e em 1964, “Heart of stone” dos Rolling Stones", “As tears go by” de Marianne Faithfull, “Tobacco road” dos “The Nashville Teens”, “The crying game” de “Dave Berry", e “Shout”, de “Lulu”. Sob os auspícios do produtor Shel Talmy, Page gravou “You really got me” dos Kinks, (embora houvesse uma disputa sobre quem teria tocado “guitarra solo”, se Page ou Ray Davies); gravou as partes de guitarra de “Baby please don’t go” dos Them e o solo de guitarra no primeiro single dos Who, “I can’t explain”, embora neste caso também exista um desacordo sobre a utilização ou não dessa gravação. Em 1965, Page foi contratado pelo empresário dos ‘Rolling Stones’, Andrew Loog Oldham, o que lhe deu acesso a tocar em faixas de John Mayall, Nico e Eric Clapton. Page também fez uma parceria breve com a sua namorada da altura, Jackie DeShannon. Estima-se que Jimmy Page tenha participado em 60% da música rock gravada em Inglaterra entre 1963 e 1966.

Após ter sido convidado a substituir Eric Clapton nos Yardbirds em Março de 1965, Page declinou a oferta e sugeriu o seu amigo Jeff Beck. Em Maio de 1966, o baterista Keith Moon, o baixista John Paul Jones, o teclista Nicky Hopkins, Jeff Beck e Page gravaram "Beck’s bolero". A experiência deu a Page a ideia de formar uma banda com John Entwistle no baixo (em vez de Jones), porém a falta de um vocalista de qualidade e problemas contratuais mandaram o projecto abaixo como um “zeppelin de chumbo" (led). Passado pouco tempo foi oferecida outra vez a Page a oportunidade de se juntar aos Yardbirds e começou por tocar guitarra baixo com o grupo após a partida de Paul Samwell-Smith, até que Chris Dreja se moveu para o baixo, passando Page a dividir a guitarra com Jeff Beck. O potencial musical da formação entretanto afundava-se devido aos conflitos interpessoais causados pelas constantes digressões e à falta de sucesso comercial.

A formação do Led Zeppelin
Apesar da partida de Keith Relf e Jim McCarty em 1968, Page preferiu continuar com o grupo com uma formação nova e com o nome, The New Yardbirds. Após uma mão cheia de espectáculos realizados na sua primeira digressão, os “New Yardbirds” mudaram o nome para Led Zeppelin.

As experiências passadas por Page em estúdio com os Yardbirds foram críticas para o sucesso dos Led Zeppelin na década de 1970. Como produtor, compositor e guitarrista para a banda, Page era uma das maiores forças do rock nessa época, com sua guitarra Gibson Les Paul e amplificadores Marshall. O uso de diversas técnicas, tanto a tocar a guitarra como em gravação fizeram dos Led Zeppelin um protótipo para as futuras bandas rock, em especial para o chamado Hard Rock. Page se tornou especialmente conhecido por tocar sua Les Paul com um arco de violino, o que acabou entrando para o folclore do Rock.

Pós Led Zeppelin
Após a separação dos integrantes da banda Led Zeppelin, em 1980, Page tentou dar forma a um super grupo com ex membros dos Yes que se chamaria XYZ mas que não deu em nada. Em 1982, foi convidado pelo realizador Michael Winner para gravar a banda sonora do filme Death wish II. Page fez um retorno bem sucedido aos palcos com a série de concertos de caridade “ARMS Charity” em 1983. Page juntou-se a RoyHarper para a gravação de um álbum e digressão. Em 1984, gravou com Robert Plant “In the guise of The Honeydrippers”. Vários outros projectos se seguíram como The Firm, com Paul Rodgers, trabalho de estúdio para Graham Nash, Box of Frogs, e Robert Plant, um álbum a solo Outrider, uma colaboração com David Coverdale em Coverdale Page, e um álbum ao vivo dos Black Crowes.

Em 1994, Page reúne-se com Robert Plant para o penúltimo MTV "Unplugged". O especial de 90 minutos chamado "UnLedded" foi premiado com as mais altas audiências da história da MTV. A banda sonora desse concerto seria editada em 1995 como No quarter. Depois de uma digressão altamente bem sucedida em 1995 para a divulgação de “No quarter”, Page e Plant gravaram Walking into Clarksdale em 1998, seu primeiro CD completo desde 1979. Page foi um membro dos Led Zeppelin que deixou sempre aberta a opção para uma reunião do grupo.

Desde 1990, Jimmy Page envolveu-se em vários concertos de caridade e trabalhos afins, particularmente em The action for Brazil’s children trust (ABC Trust), fundado pela sua esposa Jimena Gomez-Paratcha em 1998.

Discografia selecionada
Lucifer Rising (1972)
Death Wish II (1982)
The Honeydrippers: Volume One (1984), com Robert Plant
Whatever Happened to Jugula? (1985), com Roy Harper
Outrider (1988)
Coverdale Page (1993), com David Coverdale
No Quarter (1994), com Robert Plant
Walking into Clarksdale (1998), com Robert Plant
Live at the Greek (2000), com The Black Crowes

Sessões de gravação pré Led Zeppelin podem ser encontradas em várias compilações
James Patrick Page: Session Man Volume One (1990)
James Patrick Page: Session Man Volume Two (1990)
Jimmy's Back Pages: The Early Years (1992)
Hip Young Guitar Slinger (2000)

[editar] Referências
1↑ 100 maiores guitarristas pela Rolling Stone

Veja Também:
Led Zeppelin

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista

Jerry Lee Lewis

A Última Bolacha do Pacote

Jerry Lee Lewis (nascido em 29 de setembro de 1935) é um cantor, compositor e pianista norte-americano de rock and roll, considerado um dos pioneiros do gênero.

Nascido em Ferriday, Louisiana, Jerry Lee Lewis demonstrou talento natural para o piano desde cedo. Apesar da pobreza, seus pais conseguiram um empréstimo para comprar um piano, e com um ano Jerry já desenvolvera seu próprio estilo de tocar. Assim como Elvis Presley, ele cresceu cantando música gospel nas igrejas pentecostais sulistas. Em 1950, ele entrou para o Southwestern Bible Institute em Texas, mas foi expulso por má-conduta (como por exemplo tocar versões rock and roll dos cânticos da igreja).

Deixando a música religiosa para trás, ele tornou-se parte do recém-surgido movimento rock and roll, lançando sua primeira gravação em 1954. Dois anos depois, no estúdio da Sun Records em Memphis, Tennessee, o produtor e engenheiro-de-som Jack Clement gravou com Lewis pelo selo enquanto seu dono, Sam Phillips, viajava para a Flórida. Como consequência, Lewis juntou-se a Elvis Presley, Roy Orbison, Carl Perkins e Johnny Cash na lista de astros que começaram sua carreira no Sun Studios na mesma época.

A primeira gravação de Lewis nos estúdios da Sun foi de sua distinta versão da balada country “Crazy Arms”. Em 1957, seu piano e o puro som rock de “Whole Lotta Shakin’ Goin’ On” renderam-no fama internacional. Logo viria “Great Balls Of Fire”, seu maior sucesso. Vendo e ouvindo Jerry Lee Lewis tocar, Elvis disse que, se conseguisse tocar piano daquele jeito, não cantava nunca mais.

As apresentações de Lewis eram dinâmicas. Ele chutava o banquinho do piano da sua frente para poder tocar de pé, deslizava e batia suas mãos pelas teclas e até mesmo sentava em cima delas. Seu estilo frenético pode ser conferido em filmes como High School Confidential e The Girl Can't Help It.

A turbulenta vida pessoal de Lewis era mantida em segredo do público até que, durante uma turnê britânica em 1958, a imprensa descobriu que a esposa do astro (então com 23 anos) era Myra Gale Brown, sua prima de segundo grau de 13 anos. A situação provocou um escândalo público e a turnê foi cancelada depois de apenas três shows.

O escândalo seguiu Lewis para a casa na América e, como resultado, ele quase foi banido do cenário musical. Seu único sucesso durante a época foi uma versão de “What’d I Say”, de Ray Charles lançada em 1961. Sua popularidade ia se reerguendo aos poucos na Europa, especialmente no Reino Unido e na Alemanha. Um álbum ao vivo desta época, ‘’Live At The Star Club, Hamburg” (1964), gravado com o The Nashville Teens, é considerado como um dos melhores discos ao vivo de rock de todos os tempos. Entretanto, a fama se afastava dele cada vez mais nos Estados Unidos. Depois de mais de uma década tocando rock and roll, em 1968 Lewis começou a focar sua carreira na música country, obtendo sucesso considerável. Embora continuasse a tocar e viajar em turnê, ele nunca mais conseguiria alcançar o nível de sucesso que tinha antes do escândalo de 1958 (apesar do sucesso internacional do compacto “Chantilly Lace” em 1973).

Marcado por problemas com álcool e drogas depois de se separar de Myra em 1970, as tragédias continuariam quando seu filho Jerry Lee Lewis Jr., de 19 anos, morreu em um acidente automobilístico em 1973. No começo dos anos sessenta ele já havia perdido seu primeiro filho, Steve Allen Lewis, que afogou-se em uma piscina. O próprio comportamento irresponsável de Lewis no final dos anos 70 o levou a ser internado depois de quase morrer de úlcera. Depois disso, sua quarta esposa morreu afogada em uma piscina, sob circunstâncias suspeitas. Pouco mais de um ano depois, sua quinta esposa seria encontrada morta de overdose de metadona. Também viciado em drogas, Jerry Lee Lewis decidiu se recuperar na Betty Ford Clinic.

Enquanto celebrava seu quadragésimo-primeiro aniversário em 1976, Lewis baleou acidentalmente seu baixista Butch Owens na barriga. Pensando que a arma estava descarregada, ele a apontou para o colega de brincadeira e apertou o gatilho. Owens milagrosamente sobreviveu. Poucas semanas depois, em 23 de novembro, Lewis foi preso novamente por um incidente com armas, desta vez na mansão de Elvis Presley em Graceland. Lewis fora convidado por Presley, mas os seguranças não sabiam da visita. Quando questionado por eles o que fazia na frente do portão, Lewis mostrou uma arma e disse brincando que estava ali para matar Elvis.

Apesar de seus problemas pessoais, seu talento musical nunca foi questionado. Apelidado The Killer (O Matador) por sua voz poderosa e sua técnica ao piano, ele foi descrito por seu colega Roy Orbison como o melhor artista cru da história da música rock. Em 1986 Jerry Lee Lewis foi incluído na primeira leva de artistas a serem homenageados no Hall da Fama do Rock and Roll.

No mesmo ano ele voltou ao Sun Studios em Memphis para reunir-se com Orbison, Cash e Perkins e gravar o álbum Class of ‘55. Mas aquela não era a primeira vez que ele se juntava a Cash e Perkins no Sun Studios. Em 4 de dezembro de 1956 Elvis Presley apareceu para visitar Phillips. Na época Perkins estava no estúdio gravando algumas canções, com Lewis o cobrindo no piano. Os três então começaram uma jam sessiom, e Phillips deixou a fita gravando. Mais tarde ele telefonou para Cash e o trouxe para juntar-se aos outros. Essas gravações, a maioria de canções gospel, sobreviveriam e seriam lançadas anos depois em um CD sob o título de Million Dollar Quartet. Entre as faixas também estavam “Brow Eyed Handsome Man”, de Chuck Berry, “Don’t Forgive Me”, de Pat Boone e Elvis fazendo uma imitação de Jackie Wilson, que participava então do grupo Billy Ward and the Dominoes, cantando “Don’t Be Cruel”.

Em 1989 um longa metragem baseado no começo da carreira de Lewis, entitulado Great Balls of Fire!, trouxe Jerry de volta aos holofotes. O filme foi baseado em um livro escrito por sua ex-esposa Myra, e no papel principal estava Dennis Quaid, com participações de Winona Ryder e Alec Baldwin.

Lewis nunca deixou de fazer turnês, e os fãs que o viram se apresentar dizem que ele ainda consegue fazer um show único, sempre imprevisível, empolgante e pessoal. Depois de anos sem gravar nada, Lewis lançou um novo álbum em 2006 chamado "Last Man Standing" (último homem em pé). O álbum teve um grande sucesso de público e de crítica, sendo considerado por muitos como um dos melhores álbuns da carreira de Lewis. Em fevereiro de 2005, ele ganhou um “Prêmio Pelo Conjunto da Obra” da Record Academy, que também organiza o Grammy. Na premiação foi anunciado que seu novo álbum seria gravado com uma formação que inclui Eric Clapton, B. B. King, Bruce Springsteen, Mick Jagger e Keith Richards.

Singles de sucesso
"Crazy Arms"
"End of the Road"
"It'll Be Me"
"Whole Lotta Shakin' Going On"
"Great Balls of Fire"
"High School Confidential"
"Another Place, Another Time"
"What's Made Milwaukee Famous (Has Made A Loser Out of Me)"

Hellfire, de Nick Tosches, 1982, Grove Press, USA

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista

Electric Light Orchestra

A Última Bolacha do Pacote

Electric Light Orchestra foi uma banda de rock britânica dos anos 70 e 80.

Depois de várias mudanças na formação, o grupo alcançou sucesso no final dos anos 70 com ajuda da música disco. Com o fim da ELO em 1986, seu líder Jeff Lyne autorizou que uma versão da banda com ex-integrantes fosse formada em 1990. O grupo foi chamado Electric Light Orchestra Part Two, lançando dois álbuns de pouca repercussão durante os anos 90.

Jeff Lyne reformulou a banda e retornou com a Electric Light Orchestra en 2001.

Integrantes da Electric Light Orchestra e da Electric Light Orchestra Part Two
Michael d'Albuquerque (baixo, vocal)
Bev Bevan (percussão, vocais)
Mike Edwards (violoncelo)
Melvyn Gale (violoncelo)
Wilfred Gibson (violino)
Kelly Groucutt (baixo, vocais)
Bill Hunt (trompete)
Mik Kaminski (violino)
Jeff Lynne (guitarra, teclado, vocais)
Hugh McDowell (violoncelo)
Rick Price (baixo, vocais)
Richard Tandy (teclado)
Colin Walker (violoncelo)
Roy Wood (guitarra, violoncelo, clarineta, oboé, vocais)
Steve Woolam (violino)
Trevor Smith (violoncelo)

Discografia: Electric Light Orchestra
Electric Light Orchestra (1971)
No Answer (1972)
Electric Light Orchestra II (1973)
On The Third Day (1973)
Eldorado (1974)
Face the Music (1975)
A New World Record (1976)
Out of the Blue] (1977)
Discovery (1979)
ELO's Greatest Hits (1979)
Xanadu (Soundtrack) (1980)
Time (album) (1981)
Secret Messages (1983)
Balance of Power (1986)
Afterglow] (1990)
Flashback (2000)
Zoom (2001)
The Essential Electric Light Orchestra (2003)
ELO 2 - Lost Planet (2003)
First Light Series (2003)

Discografia: Electric Light Orchestra Part Two
Electric Light Orchestra, Part Two (1990)
Moment of Truth (1994)

Este artigo é um esboço sobre uma banda ou grupo musical. Você pode ajudar o RockGrafia expandindo-o.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista

The Alan Parsons Project

A Última Bolacha do Pacote

The Alan Parsons Project é um grupo de rock inglês formado nos fins dos anos 70 início dos anos 80 e foi fundado por Alan Parsons e Eric Woolfson.

Muitos dos seus títulos, especialmente os primeiros, partilham traços comuns com The Dark Side of the Moon dos Pink Floyd, talvez influenciado pela sua participação como engenheiro de som na produção deste álbum em 1973. Eram álbuns conceptuais que começavam com uma introdução instrumental esvanecendo-se na primeira canção, uma peça instrumental no meio do segundo lado do LP e terminavam com uma canção calma, triste e poderosa. (No entanto, a introdução instrumental só foi realizada até 1980 - a partir desse ano, nenhum álbum excepto "Eye In The Sky" possuiu uma.)

O grupo era bastante incomum na continuidade dos seus membros. Em particular, as vocalizações principais pareciam alternar entre Woolfson (principalmente nas canções lentas e tristes) e uma grande variedade de vocalistas convidados escolhidos devido às suas características para interpretar determinado tema.

Mesmo assim, muitos sentem que o verdadeiro cerne do Projecto consistia exclusivamente de Alan Parsons e Eric Woolfson. Eric Woolfson era um advogado, por profissão, mas também uma compositor clássico treinado e pianista. Alan Parsons era um produtor musical de grande sucesso. Ambos trabalharam juntos para conceber canções notáveis e com uma fidelidade impecável.

Andrew Powell (compositor e organizador de música de orquestra durante a vida do projecto), Ian Bairnson (guitarrista) e Richard Cottle (sintetizador e saxofonista) também tornaram-se partes integrais do som do Projecto. Powell é também acreditado por ter composto uma banda sonora ao estilo do Projecto para o filme Feitiço de Áquila (Ladyhawke em inglês) de Richard Donner.

1975 Tales of Mystery and Imagination, Edgar Allan Poe - Baseado em histórias do escritor Edgar Allan Poe. A posterior reedição em CD (1987) tinha uma introdução falada por Orson Welles.
1977 I Robot - É o título da obra de Isaac Asimov. Muitas das canções deste álbum são baseadas em novelas deste escritor. O álbum é chamado de "uma visão do amanhã através dos olhos de hoje".
1978 Pyramid - O Antigo Egipto emerge repetidamente, o álbum é chamado de "uma visão do ontem através dos olhos de hoje".
1979 Eve - Acerca das mulheres.
1980 The Turn of a Friendly Card - Acerca do jogo.
1982 Eye in the Sky - Acerca da Vida e do Universo, contém o seu single mais famoso, "Eye in the Sky" "Sirius," uma faixa instrumental que imediatamente precede "Eye in the Sky" no álbum, é frequentemente utilizada como canção de entrada por equipes desportivas americanas; é provavelmente mais conhecida pelo seu uso pelos Chicago Bulls durante a era Michael Jordan. "Eye in the Sky" é também o título de uma novela de Philip K. Dick.
1983 Ammonia Avenue, Este é o seu álbum melhor sucedido comercialmente.
1984 Vulture Culture, Uma crítica ao consumisto e, em particular, à cultura popular americana.
1985 Stereotomy- Os pontos de vista de personagens com diferentes doenças mentais.
1987 Gaudi - Acerca do arquitecto Antoni Gaudí e o seu trabalho mais famoso, La Sagrada Familia.
Após estes álbums, Parsons lançou outros títulos sob o seu nome, enquanto que Woolfson fez um último álbum conceptual chamado Freudiana (acerca do trabalho de Sigmund Freud na Psicologia).

Embora a versão de estúdio de Freudiana tenha sido produzida por Alan Parsons, foi principalmente de Eric Woolfson a ideia de convertê-lo num musical. Isto eventualmente levou a uma separação entre os dois artistas. Enquanto que Alan Parsons seguiu uma carreira solo (levando muitos membros do Projeto para a estrada, pela primeira vez numa tournée mundial de sucesso), Eric Woolfson foi produzir musicais influenciados pela música do Projeto. Freudiana e Gambler foram dois musicais que continham êxitos da banda como "Eye in the Sky", "Time", "Inside Looking Out" e "Limelight".

Alan Parsons, tecladista, produtor, engenheiro;
Eric Woolfson, tecladista, produtor executivo;
Andrew Powell, tecladista, arranjo para orquestra;
Ian Bairnson, guitarrista
Baixo: David Paton (1975-1985); Laurie Cottle (1985-1987)
Bateria, Percussão: Stuart Tosh (1975-1977); Stuart Elliott (1977-1987)
Saxofone, Teclado: Mel Collins (1980-1984); Richard Cottle (1984-1987)
Vocais: Eric Woolfson, Lenny Zakatek, John Miles, Chris Rainbow, Colin Blunstone, David Paton, e muitos outros

Este artigo é um esboço sobre uma banda ou grupo musical. Você pode ajudar o RockGrafia expandindo-o.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Informações desse Artista
. .
. .
Que esta minha paz e este meu amado silêncio
Não iludam a ninguém
Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta
Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios
Acho-me relativamente feliz
Porque nada de exterior me acontece...
Em mim, na minha alma,
Pressinto que vou ter um terremoto!
Mário Quintana
. . . .
Pingar o BlogBlogs